Prefeitura lança programa de incentivo a sustentabilidade das granjas de suínos e aves

Em tempos que tanto se fala em SUSTENTABILIDADE – essa palavra ampla, mas que pode ser traduzida como a relação sustentável entre padrões de consumo e produção, de maneira que sejam reduzidos os impactos ambientais e o esgotamento dos recursos naturais, a Prefeitura de Três Arroios, através da Secretaria de Agricultura e da Secretaria de Meio Ambiente lançou o PROGRAMA DE INCENTIVO A SUSTENTABILIDADE DAS GRANJAS, que visa incentivar os segmentos de Avicultura e Suinocultura do Município para práticas como coleta e utilização de água de cisternas, biogás, cobertura de esterqueiras, energia solar e outras.

O Evento aconteceu na sexta-feira, 26 de novembro, fazendo parte da programação da semana do município de Três Arroios e teve a presença do prefeito, Carlos Flôrencio Burille, o vice-prefeito, Tiago Schafer, o secretário de Agricultura, Luis Valdecir Pertuzzatti, a diretora de Meio Ambiente, Nadia Varotto, o presidente da ACCSUR (Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul) Valdecir Folador demais autoridades, técnicos da área e grande participação dos suinocultores e avicultores do município.

A palestra foi ministrada pelo Engenheiro Agrônomo e analista da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Evandro Carlos Barros.

Além da excelente explanação do palestrante, o evento também ofertou a visitação a estandes com expositores que apresentaram seus produtos e serviços para implementar estas ações nas propriedades, sendo empresas e instituições expositoras:

-FTN- Energia Solar- Marcelo e Ademir Fortuna

– SOLSUL- Energia Solar

– BIOTER- Proteção Ambiental

– BELLEI – Soluções

– CAMPO AGRÍCOLA- Soluções Agropecuárias

– LAPPA- Engenharia e Meio Ambiente

– VS- SOLUÇÕES EM TRATAMENTO DE ÁGUA

– DOCTOR ÁGUA- Soluções Ambientais

E as Instituições bancárias

BANRISUL

CRESOL

SICREDI

Ao final do evento foram apresentados os incentivos do município para as Granjas que implementarem os sistemas, e a visitação aos estandes. Foi uma oportunidade ímpar para todos os Suinocultores e Avicultores do município que representam em torno de 48% do valor adicionado de arrecadação do município no setor primário.

“Iniciativas como essas são cada vez mais necessárias e devem partir também de órgão estaduais e federais. Aliar desenvolvimento a práticas sustentáveis e conservacionistas com a finalidade de garantir o equilíbrio econômico e ambiental dos segmentos” finalizam os organizadores.

 

 

Rolar para cima